Serviços de Apoio à Comercialização

Segurança alimentar e nutricional

Responsabilidade Socioambiental

CEASA

10/11/2017

Permissionários e produtores da Ceasa Curitiba doam 14 mil quilos de tomate e 5 mil quilos de laranjas para o Banco de Alimentos

Banco de Alimentos O Banco de Alimentos da Ceasa Curitiba recebeu nesta semana mais de 14 mil quilos de tomate e 5 mil quilos de laranjas. Os hortigranjeiros doados pelos permissionários e produtores que atuam no atacado da empresa, foram repassados para entidades de oito comunidades cadastradas junto ao programa da Ceasa Paraná. “Agradecemos aos permissionários e produtores que colaboram com essas doações. São produtos que ainda apresentam bom estado de consumo, mas por estarem fora do padrão comercial acabam sendo descartados, e poderiam ser jogados fora”, diz Natalino Avance de Souza, diretor presidente da Ceasa Paraná.

As doações de tomate e laranja foram repassadas para entidades dos bairros Pinheirinho, Tatuquara, Caximba, Campo do Santana, Rio Bonito, Cidade Industrial, Xapinhal e Cajuru. “Contamos com o apoio das respectivas regionais da Prefeitura de Curitiba, para fazer a separação e distribuição desses produtos. Diariamente, em sistema de rodízio, o Banco de Alimentos também entrega hortigranjeiros para as 170 entidades cadastradas no programa em Curitiba”, diz a assistente social da Ceasa, Jaqueline Macedo,

O Banco de Alimentos é uma iniciativa de abastecimento e segurança alimentar e funciona através da coleta dos produtos não comercializados pelos atacadistas e produtores rurais nas cinco unidades da Ceasa do Paraná – Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu. Estão cadastrados no programa 531 entidades assistenciais como creches, hospitais, asilos, casas de recuperação, casas lares e outros, que atendam pessoas em estado de insegurança alimentar e nutricional e famílias em vulnerabilidade social. Em média por mês o programa repassa cerca de 420 mil quilos de hortigranjeirosbeneficiando mais de 80 mil pessoas.

Safra em alta e cotações -O setor técnico da Ceasa Paraná explica que além das safras de outros Estados – Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais, o mercado começa também a ser abastecido com a produção do tomate e da laranja paranaense. “A tendência é que os preços se mantenham estáveis, havendo também a possibilidade de redução dessas cotações pela boa oferta e qualidade”, diz Evandro Pilatti, técnico e orientador de mercado da Ceasa. O preço médio da caixa de 20 quilos do tomate tipo longa vida, está cotado em R$ 50,00, e a caixa de 23 quilos da laranja pera grande, está cotada a R$ 28,00.

Fotos: Divulgação Ceasa Paraná

Banco de Alimentos Bsnco deAlimentos

Banco de Alimentos Banco de Alimentos

Banco de Alimentos

Banco de Alimentos

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.