Serviços de Apoio à Comercialização

Segurança alimentar e nutricional

Responsabilidade Socioambiental

CEASA

28/03/2018

Ceasa Curitiba ganhará Unidade de Saúde Básica

 A Ceasa Curitiba deverá receber em breve uma Unidade de Saúde Básica . O convênio que viabilizará essa construção será assinado nesta quinta-feira, dia 29, entre o Governo do Estado, através da Secretaria do Estado da Saúde do Paraná - Sesa, a Prefeitura Municipal de Curitiba, através da Secretaria Municipal de Saúde, e a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento – Seab, através da Ceasa Paraná.

Ceasa Curitiba O imóvel será cedido ao Município pela Ceasa pelo prazo de 30 anos. O Governo do Estado, por meio da Sesa, fará o repasse de R$ 2 milhões à Prefeitura para a construção da Unidade de Saúde, mediante a apresentação do projeto, que ficará a encargo do município.

Segundo Natalino Avance de Souza, diretor presidente da Ceasa Paraná, “esse convênio faz parte de uma série de protocolos de intenções já discutidos entre o Governo do Estado, e Prefeitura de Curitiba”. “Estamos promovendo várias melhorias estruturais e físicas em nossos mercados atacadistas, sempre em sintonia com os produtores e permissionários, através de suas respectivas entidades representativas”, diz o dirigente.

Sobre a Unidade de Saúde Básica, Natalino Avance de Souza acredita que “ela beneficiará não só o público que frequenta a Ceasa, mas também as comunidades dos bairros próximos ao mercado”. “Esses postos são importantes, principalmente pelos vários serviços básicos da saúde, tendo uma estrutura necessária para atender bem as pessoas que necessitam de alguma orientação, ações de prevenção, exames e tratamentos médicos”, afirma o diretor presidente da Ceasa Paraná.

Alças de acesso a Ceasa

Também na quinta-feira serão entregues oficialmente as obras da construção das alças de acesso à trincheira da Ceasa Curitiba. A trincheira melhorará a circulação na região sul da cidade, interligando os bairros Tatuquara e CIC, por baixo da BR-116.

Essa obra facilitará o acesso a todos que frequentam diariamente o mercado atacadista da Ceasa. Ganhamos em tempo, e em segurança no trânsito, pois até então tínhamos que percorrer dois quilômetros a mais para fazer o retorno e chegar a Ceasa”, diz Joarez Miranda, gerente da unidade em Curitiba. Em média, por dia, circulam pelo mercado da empresa cerca de 25 mil pessoas, entre produtores, permissionários atacadistas, trabalhadores e compradores.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.