Serviços de Apoio à Comercialização

Segurança alimentar e nutricional

Responsabilidade Socioambiental

CEASA

28/02/2019

Segurança alimentar é foco de novos projetos da Ceasa do Paraná

 Reunião PalácioO governador em exercício Darci Piana recebeu nesta quarta-feira (27), no Palácio Iguaçu, o diretor-presidente das Centrais de Abastecimento do Paraná (Ceasa), Eder Bublitz, e representantes dos permissionários para discutir projetos que podem ser implantados nas cinco unidades do Estado. O principal foco é na segurança alimentar, com projetos que envolvam as comunidades locais para evitar o desperdício de alimentos.

As cinco unidades da Ceasa no Paraná – Curitiba, Cascavel, Londrina, Maringá e Foz do Iguaçu – comercializam aproximadamente 1,2 milhão de toneladas de alimentos por ano, com um faturamento de R$ 2,5 bilhões. São cerca de 600 empresas operando nesses locais.

Entre os projetos apresentados, está a ampliação do banco de alimentos, que fornece o excedente a entidades filantrópicas; a construção de um viveiro na Ceasa de Curitiba para produzir mudas destinadas à recomposição de matas nativas e a capacitação de moradores do entorno das unidades sobre o aproveitamento integral dos alimentos. “Vamos avaliar essas propostas para encontrar a maneira mais sustentável e correta de executá-las”, afirmou Piana.

De acordo com o presidente da Ceasa, a ideia é aproveitar ao máximo os alimentos que acabam não sendo comercializados e evitar desperdícios. “Infelizmente, o volume que se joga fora é ainda muito grande. A ideia é reduzir o desperdício. Em torno de 30% do que é produzido no Brasil acaba sendo desperdiçado, e nós queremos evitar isso”, disse.

Fotos: Divulgação / Secs

Confira o áudio desta matéria: javascript:void(0);/*1551453037643*/

Reunião Palácio Reunião Palácio

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.