Serviços de Apoio à Comercialização

Segurança alimentar e nutricional

Responsabilidade Socioambiental

CEASA

04/05/2020

Tecpar desenvolve programa de certificação em parceria com a Ceasa

Tecpar O Tecpar Certificação, unidade do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) responsável pela certificação de produtos e sistemas, vai desenvolver um programa de qualidade para atender permissionários da Ceasa Paraná. A iniciativa busca regulamentar procedimentos e cuidados no recebimento, manipulação e distribuição de produtos, e depois certificar os permissionários que atenderem os requisitos estabelecidos pelo programa

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, explica que o instituto aplicará sua experiência como avaliador de conformidade para estruturar um programa de certificação personalizado, construído a partir do perfil e das demandas da Ceasa Paraná.

“O Tecpar atua há 22 anos na certificação em produtos e sistemas de gestão e recentemente chegou à marca de 15 mil auditorias. Vamos aplicar esta experiência e competência técnica para certificar as atividades realizadas pelos permissionários, padronizadas a partir da sua própria rotina de trabalho”, explica Jorge Callado.

Para o diretor-presidente da Ceasa Paraná, Éder Eduardo Bublitz, o Tecpar tem muito a contribuir, principalmente com as suas experiências e metodologias para os aspectos de qualidade, ambientais e de responsabilidade social.

“É uma parceria importante para todos os agentes que atuam na Ceasa, sejam os produtores rurais, os permissionários atacadistas, e mesmo para os compradores, que abastecem as cidades com os hortigranjeiros comercializados nos nossos mercados. A intenção é melhorar sempre este trabalho para que o consumidor receba um alimento seguro”, afirma Bublitz.

Em média, por ano, as cinco Ceasas do Paraná comercializam cerca de 1,2 milhão de toneladas de hortigranjeiros. Nessas unidades estão instaladas 645 empresas atacadistas.

Etapas – Coordenador de certificação de produtos do Tecpar Certificação, Fábio Corrales explica que a elaboração do programa-piloto envolve, inicialmente, o levantamento e avaliação técnica dos processos feitos no local. Os critérios, segundo Corrales, serão construídos a partir da própria rotina de trabalho dos agentes que atuam na Ceasa, na unidade de Curitiba.

“Vamos buscar entender um pouco da rotina dos permissionários, identificar quais os procedimentos e cuidados no recebimento, triagem e manuseio dos produtos. Depois, vamos transformar essa rotina em um protocolo de certificação”, explica Corrales. 

Com base nas informações coletadas, será definida a estrutura do programa de certificação e o regulamento do processo de avaliação de conformidade – critério que determina se um produto, processo ou serviço atende os requisitos técnicos especificados.

Dessa forma, os procedimentos já adotados pelos permissionários, depois de regulamentados, serão transformados em critérios obrigatórios a serem auditados para que eles recebam a certificação concedida pelo Tecpar.

Tecpar Certificação – O Tecpar Certificação foi a primeira certificadora do País a obter o credenciamento junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Coordenação Geral de Acreditação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Entre os produtos certificados estão alimentos orgânicos, componentes elétricos e de telecomunicações, eletrodomésticos e unidades armazenadoras.

Em sistemas, certifica Sistema de Gestão da Qualidade (ISO 9001); Sistema de Gestão Ambiental (ISO 14001); Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional (OHSAS 18001 e ISO 45001); Sistema de Avaliação da Conformidade de Empresas de Serviços e Obras (SiAC); Avaliação de Segurança, Saúde, Meio Ambiente e Qualidade (SASSMAQ – Módulo Rodoviário) e a Certificação Life, que avalia impactos à biodiversidade gerados por uma organização.

Fotos: Divulgação / Ceasa Paraná / Tecpar

Ceasa Curitiba Ceasa Curitiba


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.