Serviços de Apoio à Comercialização

Segurança alimentar e nutricional

Responsabilidade Socioambiental

CEASA

09/10/2020

Ceasa Curitiba ganha mais 49 empresas após licitação em sua unidade

Licitação A Ceasa Paraná licitou 49 áreas dos 54 lotes da unidade da empresa em Curitiba, colocados no processo realizado na última semana de setembro. Segundo Éder Eduardo Bublitz, diretor presidente da Ceasa Paraná, “o processo superou as expectativas de todos”. “Tivemos 541 propostas para a ocupação de áreas e boxes na Ceasa Curitiba. Isso já demonstra que, mesmo num período de certa instabilidade na nossa economia, provocada pela pandemia, a procura para participar do comércio atacadista de hortigranjeiros, mostra a importância desse importante setor da nossa agricultura”, afirma o diretor presidente da Ceasa Paraná.

O sistema de pregão presencial foi realizado em três dias. No primeiro, 28 de setembro, foram realizados o credenciamento e recebimento dos envelopes com as propostas, e habilitação das mesmas. Nos dois dias seguintes, 29 e 30 de setembro, foram feitas as aberturas dos envelopes, para os respectivos lotes.

Para Sônia de Brito Barbosa, pregoeira e coordenadora da Comissão Permanente de Licitações – CPL, da Ceasa Paraná, “os trabalhos desse processo correram dentro das expectativas, mesmo com o grande volume de propostas apresentadas”. “Além do esclarecimento de possíveis dúvidas no certame, a transparência na apresentação dos lances também deixaram mais ágeis esse certame”, explica Sônia de Brito Barbosa que contou ainda com a ajuda da equipe da CPL, da Assessoria Jurídica da Ceasa.

A permissão de uso dos espaços dos boxes e áreas na Ceasa Curitiba serão para um período de 240 meses – 20 anos, conforme as condições previstas legalmente, assim como seguindo as normas do Regulamento de Mercado da Ceasas Paraná, adotadas através do Termo de Permissão Remunerado de Uso – TPRU.

Ceasa em números

Com essa nova participação, a Ceasa Curitiba conta agora com 459 empresas atacadistas, que além de comercializarem hortigranjeiros, também negociam flores e plantas ornamentais. A unidade tem ainda outras 44 empresas que negociam produtos atípicos, e 15 áreas específicas para lanchonetes e restaurantes, e ainda três instituições financeiras.

No Mercado do Produtor da Ceasa Curitiba estão cadastrados 4.831 agricultores, sendo que 1.362 são ativos, e comercializam diretamente suas produções no atacado.

A Centrais de Abastecimento do Paraná – Ceasa Paraná, empresa de economia mista, vinculada ao sistema da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento – Seab, administra, além da unidade em Curitiba, outras quatro unidades atacadistas, em Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu. Em média, por ano, são comercializados cerca de 1, 2 milhões de toneladas de hortigranjeiros.

Fotos: Divulgação Ceasa Paraná.

Licitação Licitação

Licitação Licitação


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.