Serviços de Apoio à Comercialização

Segurança alimentar e nutricional

Responsabilidade Socioambiental

CEASA

30/05/2008

Reações nas cotações da Ceasa de Curitiba

Os preços dos principais hortigranjeiros ofertados na Ceasa de Curitiba durante a semana estão normais para a época do ano, segundo avaliação da Divisão Técnica Econômica- DITEC. Nesta sexta-feira (30), nove produtos foram ofertados com cotação estável, enquanto dez apresentaram alta e outros dez, redução. A análise comparativa foi realizada considerando-se os preços praticados na segunda-feira (26).

Entre os produtos que tiveram elevação de preços destacam-se a batata comum especial lavada, que durante o período subiu 13,16% (sc 50 kg), a batata doce comum branca (cx 23 kg) com alta de 7,69% e o aipim comum, cuja caixa com 22 quilos subiu para R$ 12,00, o que representou 20% a mais em relação ao início da semana. A incidência de fortes chuvas no período em dificultaram a retirada dos tubérculos nas propriedades, o que refletiu imediatamente nas cotações. O preço da caixa com 23 quilos do tomate extra AA fechou a semana em queda de 17,78%. Segundo a Ditec, os preços oscilaram durante a semana de acordo com o volume de entrada no dia, uma vez que o tomate ofertado nesta época do ano vem sendo transferido do Espírito Santo e Rio de Janeiro.

As folhas, enquanto não ocorrerem as previsíveis geadas, estão com bons preços para consumo. A caixa da alface crespa, com 18 unidades, foi cotada com a maior queda da semana, e comercializada a R$ 7,00 - redução de 30%. A maior elevação do período foi registrada na caixa de pepino salada aodai extra AA, com 21 quilos, com alteração em 28%. O produto está em entressafra e seu consumo pode ser restringido. Entre as frutas, o consumidor pode optar pela banana, laranja, maçã e mamão que estão com bons preços, e limitar o consumo de melancia e uva, já fora de safra. Já a safra de ponkan da região do Vale da Ribeira está começando, e a tendência é de queda nas cotações.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.